Menu

Notícias

09/04/2019

Diário Matinal Coinvalores - 09 de abril de 2019

Bom dia,

 

   

 

CCJ e CNPE são destaques hoje. Começando pela leitura sobre a proposta da Previdência na CCJ, na Câmara, que pode suscitar algum barulho por parte da oposição. De toda forma, o texto deve ser mantido na íntegra, com as mudanças sendo realizadas na próxima etapa, na Comissão Especial. Bolsonaro participa da marcha dos prefeitos hoje, junto aos presidentes do Legislativo e alguns ministros, inclusive Paulo Guedes. Ademais, o mercado deve ficar atento quanto à novas sinalizações sobre a reunião do Conselho Nacional de Política Energética, que deve definir o modelo do megaleilão do pré-sal. Já os indicadores econômicos seguem decepcionando, com as vendas no varejo ficando estagnadas frente a janeiro, ante uma expectativa de crescimento de 0,4%. No conceito ampliado, o resultado também foi pior que o esperado, com uma quedade 0,8% na mesma base de comparação.

 

Nova guerra comercial? Com o avanço nas negociações entre EUA e China, o mercado já há algumas semanas adota um viés mais otimista em relação às disputas comerciais. Hoje, porém, as Bolsas na Europa e os futuros de NY estão mais pressionados, após o governo Trump ameaçar a UE com tarifas sobre diversos segmentos por subsídios europeus à Airbus. Além disso, o Brexit entra em sua semana mais crucial até aqui cercado de incertezas, com a primeira-ministra May tentando uma extensão no prazo para o divórcio com os seus pares no continente. O petróleo segue em forte escalada, com os temores em relação à instabilidade na Líbia, o que tem grande impacto nos mercados, como também deve ocorrer por aqui.

 

                               

 

Parceira em conveniência no radar da BR Distribuidora (BRDT3). Segundo matéria do valor econômico, até o próximo dia 22 a companhia irá receber propostas para parceria em suas lojas de conveniência. Grandes varejistas e fundos estrangeiros estão entre os potenciais interessados, entretanto, há exigências para que os envolvidos possam passar a segunda fase de negociação, dentre as quais destaca-se a capacidade de realizar investimentos para acelerar o volume de abertura de lojas.  Atualmente, a BR possui mais de 8 mil postos e apenas 1.231 lojas franqueadas da BR Mania.
 

 


Bons negócios.

 


« Voltar